Welcome Guest!

,

Saiba como conquistar a mãe dele

Escute o que ela diz, esse é um dos segredos da felicidade para esse tipo de relacionamento - Carol Patrocínio dá algumas dicas para você conquistar a sogrinha.


A sogra é quase uma figura mitológica. Ela é cheia de mistérios e poderes surpreendentes sobre seu namorado. Basta um olhar para que ele pare tudo e pense novamente no assunto. Até mesmo quando esse assunto é você e ele ainda não tem 100% certeza do que sente.

Para o filho, ela sempre é uma pessoa linda, que se dá bem com todo mundo e sempre quer ajudar. Pra você pode ser que ela se torne uma pessoa intrometida (por querer ajudar demais) e que não faz o mínimo esforço para ter uma boa relação. Só com você.
Essas coisas acontecem. Muito.

Ser sogra deve ser tão difícil quanto ser nora. Aceitar que aquele bebezinho que dizia que amaria só você pra sempre cresceu e encontrou alguém a quem admira tanto quanto a você pode ser um processo traumático.

Assim como pra você não é simples entender que você precisa, sim, dividir seu amor com a família dele, que ele sofre uma influência assustadora quando está com eles e até muda alguns comportamentos que a deixam com vontade de surtar.

Melhor ainda é que se relacionar não é nada fácil. E se não é fácil com quem a gente escolhe fazer isso, imagina só com pessoas que a gente ganhou de brinde quando se apaixonou? O que você pode fazer é tornar essa viagem o mais agradável possível com algumas dicas bem simples.


4 Dicas para ganhar a sogra

Ofereça ajuda
Isso é algo que minha mãe sempre me disse. Mostre-se solicita deixa qualquer pessoa inclinada a gostar mais de você. Mesmo que você seja a mulherzinha que está roubando o filho dela.

Vai almoçar? Ajude a colocar as coisas na mesa. Ela está organizando alguma coisa na casa? Ofereça uma mãozinha. Ela comentou que precisa resolver uns problemas durante a semana? Veja se há alguma coisa que você pode fazer para colaborar.

É claro que você não vai tentar estar grudada nela o tempo todo, mas a intenção é mostrar que ela pode contar com você. Pense em como você se relacionaria com sua mãe, avó ou tia querida. É mais ou menos esse o caminho. Mas sempre pisando com cuidado, afinal, você ainda não a conhece direito.

Lave roupa suja só em casa
Um dos maiores erros que você pode cometer é brigar com o gato na frente da sogra. Ele fez alguma coisa que a deixou desconfortável? O chame num cantinho e fale como se estivesse falando sobre o clima. Não deixe a sogra perceber que é uma bronca.

Isso parece bobo e tal, mas é difícil para qualquer mãe ver seu filho tomando uma chamada de atenção de alguém que não seja ela. Pior ainda, se você e ela enxergam o mundo de maneira muito diferente, pode ser que ela acredite que você deveria abaixar a cabeça e aceitar tudo o que o filhinho dela faz. Como não é o caso, ela não precisa saber de tudo.

Escute o que ela diz
Esse é outro dos segredos da felicidade para qualquer tipo de relacionamento. Escutar. Acho que um dos males do mundo moderno é que as pessoas não escutam mais umas as outras e todo mundo vai ficando um pouco solitário. Ainda mais quando você é mãe.

Mães são, normalmente, pessoas que respondem a 15 perguntas ao mesmo tempo, todas elas não relacionadas a ela mesma. Ninguém lembra de perguntar como ela está se sentindo ou o que acha disso ou aquilo — só quando ela fica doente ou alguém precisa de conselho.

Coloque sua sogra na conversa. Pode ser que, no começo, ela fuja, mas insista. Sempre pergunte o que ela acha. Tente saber como foi a semana dela e mostre que o interesse é genuíno. No começo você não vai ter tanto interesse pela vida dela, mas isso pode mudar e talvez você até ganhe uma amiga.

Respire fundo e conte até 10
Vocês nasceram em épocas diferentes, tiveram experiências e vidas diversas, então nem tudo o que você pensa faz sentido pra ela. Assim como o contrário. Assim como é com seus próprios pais. E da mesma maneira que pode acontecer com alguns amigos ou colegas.

Não arrume encrenca a toa. Empatia é algo mágico e pode te salvar na maior parte dos conflitos. Tente se colocar no lugar dela e olhar por aquele ponto de vista. É claro que não vai ser sempre que você vai conseguir entender a maneira de pensar dela, mas tentar já é ótimo.

Eventualmente, ela vai dizer coisas absurdas que farão seu sangue ferver. E nessa hora o que você tem que fazer é respirar fundo, contar até 10 e deixar passar.

É claro que estou falando sobre coisas pequenas. Se ela disser algo que fere totalmente seus princípios ou influencia na sua vida você tem todo o direito de colocar sua opinião. Mas faça isso de forma delicada, sem deixar que tudo se torne uma discussão.

Lembre sempre que você é a estranha no ninho e que pode se surpreender, tanto positiva quanto negativamente, com as pessoas.


Tem alguma dúvida sobre sexo? Fale com a Carol no preliminarescomcarol@yahoo.com.br ou pelo Twitter (@carolpatrocinio)

Por Carol Patrocínio | Preliminares





Receba novas postagens por e-mail
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE