Welcome Guest!

,

As Gordinhas e a Nudez


Oi pessoal, gordinhas, gordinhos, magrinhos, magros, em forma, em forma de trufas recheadas kkkk enfim, a todos aqueles que são comuns, normais e não pré-fabricados ou produzidos em série.

Vou me apresentar primeiro, para aqueles que ainda não me conhecem.

Meu nome é Maria Tereza, Tê Marçal, para os amigos - e todos são. Tenho 48 anos, sou mineira de Formiga e resido há 11 anos em Itaúna, MG, município próximo a Belo Horizonte.

Sou professora, formada em Pedagogia, mãe de um casal de jovens, de um cachorro vira-lata e casada há quase 23 anos. Blogueira, administradora de três blogs e projeto de sexóloga e escritora. Meus blogs e minha escrita são minhas maiores paixões, eu as vejo como atividade profissional, vocação.

Sou gordinha, sempre fui vítima do efeito sanfona, alternando fases de ganho e perda de peso. Fui a clássica adolescente que chorou e sofreu por não se encaixar nos padrões, embora sempre tenha sido considerada bonita, sensual e atraente. Ouvi isso a minha vida toda e ainda ouço, modéstia à parte.

E assim como na adolescência, continuo não acreditando nos elogios porque é muito complicado para uma mulher gorda acreditar que pode ser bonita.

No momento estou em fase de fazer um esforço para acreditar kkk mas ainda falta muito caminho pela frente, eu sei. Mas o importante é que comecei, eu me abri para entender e aprender a aceitar os elogios, quando eles chegam.

Trago hoje pra vocês um tema de abertura que julgo da maior importância e cujo foco partiu da ideia de uma amiga também gordinha (e linda), cuja opinião eu pedi, a fim de fazer um texto legal pra todo mundo.

Vamos hoje falar de NUDEZ e das dificuldades que as gordinhas têm, principalmente no começo de uma relação e na importância do papel do homem a fim de compreender e ser "o cara", nesse momento único.



Foto: Iwata Jr.

Pra começar os homens precisam entender que uma gordinha tem a alma machucada pelos rótulos, dietas, loucuras para ser o que nunca será: magra. Ela nasceu e cresceu ouvindo uma série de chavões negativos, depreciativos, apelidos e sofreu muito bullying na escola e nos ambientes que frequentou durante a vida, em maior ou menor grau. Tudo isso está marcado a ferro quente no corpo e na alma de uma gordinha, como uma letra escarlate: G, de gorda. F, de feia. Isso é sério, muito sério...

Então essa mulher cresce, consegue não sucumbir a avalanche de problemas na adolescência, consegue não suicidar ou não morrer de overdose de remédios para emagrecer e enfim o inesperado acontece: amor e sexo, não necessariamente nessa mesma ordem kkkk

E aí vem o medo, um conjunto de medos: como tirar a roupa para um homem e mostrar o que eu não gosto e tento esconder? O que ele vai pensar?E se ele não tiver tesão em mim?E se ele perder o tesão ao me ver nua?E se... e se...? Enfim, não é fácil.

Penso que a primeira coisa a fazer é encarar as dificuldades e expô-las ao parceiro, esgotar o assunto com ele, se possível, se ele estiver mesmo muito a fim, porque se ele tiver um real e sincero interesse em você, ele vai querer te ouvir e te ajudar a superar seus medos, receios e dificuldades. Caso ele não demonstre interesse em te ouvir, deixe a fila andar, ele não é o cara. Não tem os pré-requisitos.

Os homens precisam entender que as gordinhas são sim, as mulheres mais sexy, fogosas e safadas do mundo, no melhor sentido dos termos. A gula e o paladar aguçado das gordinhas as tornam as amantes mais tesantes que um homem poderia encontrar, pois quando elas fazem sexo, elas arrasam, pegam pesado, saboreiam MESMO. Curtem cada variação, cada posição, cada sensação. Só quem já amou uma gordinha entende do que estou falando.

Então, depois de falar com seu namorado, noivo, ficante, a respeito de como se dá a relação com seu corpo, dependendo do resultado da conversa, é a hora de amar, deitar e rolar, mostrar pra ele do que você é capaz e usufruir dele como se fosse uma picanha maturada na brasa. kkkkk Um rodízio de pizza, um nhoque à bolonhesa, uma mousse de chocolate.

E é ai que ele vai mostrar que de fato entendeu seu processo pessoal: ele tem que saber como tirar sua roupa, devagar...respeitando seu tempo, seus limites iniciais... a isso dou o nome de JEITO. Ele tem que ter jeito com você. E se for bom nisso, você tá feita e ele também.

Jeito significa não forçar a barra para querer que logo de cara você tope desfilar nua na frente dele, que você já fique nua na primeira transa, naquele espelho enorme de motel, que você finja uma naturalidade que só se conquista com tempo e intimidade na relação.

Começar com uma rapidinha pode ajudar, pois nela não é necessário tirar a roupa toda... e de rapidinha em rapidinha chegará um tempo em que você estará fazendo uma streep pra ele, ai, meu bem, ele vai entender que valeu a pena a paciência. As lingeries têm aqui uma dupla importância para as gordinhas, por isso invista nelas. Toda gordinha fica linda de corpetes, corselets, meia com cinta-liga, sutiãs e camisolas incríveis.

Mas isso é um processo, no qual tem que haver um puta de um desejo entre vocês, senão não rola. Senão você jamais chegará a um nível de naturalidade e alegria de se despir pra ele.

Sexo é muitobom.com.br, mas quando há TEMPO, ESPAÇO E AFETO, fica melhor ainda. O tempo aperfeiçoa tudo e coloca tudo em seu devido lugar. Um homem inteligente que escolhe uma gordinha para ser sua, saberá lidar com tudo isso.

Sim, pode dar trabalho, mas garanto que o resultado final será recompensador. E o sexo será tudo de melhor e mais um pouco. Geralmente um homem que ama uma gordinha jamais a esquece... não somos melhores, nem piores, mas com certeza: somos diferentes, gostosas e fofas de natureza.

Um beijo, gente e até semana que vem!

Ah, conheçam meu blog: http://blogdatemarcal.blogspot.com.br

GOSTARIA DE TER SEU ARTIGO PUBLICADO AQUI? CONTATE-NOS





Receba novas postagens por e-mail
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE