Welcome Guest!

,

Julgamento x Aparência

Mais uma atitude ridícula contra as gordinhas por parte de pessoas ignorantes e preconceituosas

Um estudo sobre julgamento x aparência foi conduzido por psicólogos da Universidade de Yale (EUA) indicou um forte preconceito relacionado com a aparência, onde jurados homens têm tendência a absolver mulheres magras e condenar as mais gordas, segundo matéria da revista Slate.

Cerca de 471 voluntários participaram da pesquisa. Eles olhavam imagens de quatro diferentes "acusados" de um mesmo crime: um homem magro, um homem gordo, uma mulher magra e uma mulher gorda e precisavam dar o veredito numa escala de cinco pontos após lerem os autos do caso.

Quando as juradas eram mulheres, nenhuma discrepância foi notada em relação à aparência: magros e gordos foram julgados do mesmo modo. O peso também não foi relevante para os jurados homens e mulheres quando o réu era um homem.

Mas quando os jurados eram homens, a aparência teve influência no julgamento. Os homens, especialmente os jurados magros, condenavam mais as mulheres obesas. A explicação é puramente baseada em preconceito: as mulheres gordas seriam mais egoístas e gananciosas, e portanto, mais propensas a cometer um crime.

Segundo os coordenadores do estudo, outra "explicação" encontrada para condenar as mulheres mais gordas é que elas teriam menos controle sobre seus impulsos e que elas seriam mais infelizes porque ser obeso seria "moralmente errado", na nossa sociedade. Triste ver tanto preconceito junto, não é?

Por Charles Nisz | Vi na Internet





Receba novas postagens por e-mail, cadastre-se!
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE