Welcome Guest!

,

Dividir ou não um perfil social com o parceiro?


Ter um perfil do casal nas redes sociais pode criar problemas

A era digital trouxe para os casais ciumentos mais uma preocupação: vigiar as redes sociais.

Com a desculpa e de que não tem nada a esconder, alguns pombinhos abrem mão da privacidade e dividem suas senhas pessoais. Mas será que isso faz bem para relação?


Parece que não. Isso porque de cara acaba com a individualidade. Só algumas coisas devem ser divididas com o seu par. Quando estamos apaixonados é normal querer ficar junto parte do tempo, mas o ideal é que cada um tenha seu hobby e seu momento com os amigos, por exemplo. O mesmo vale para a vida virtual.

Manter o comando da vida e das próprias senhas é bom para a relação, mesmo sentindo curiosidade em saber quem mandou aquela mensagem ou com quem a outra pessoa anda trocando e-mails.

Fuçar a vida do parceiro, além de não ser saudável, pode causar brigas desnecessárias. Uma frase fora de contexto pode gerar desentendimentos e deixar a relação abalada. Às vezes, o que é lido pode ser interpretado de uma outra forma.

Se o parceiro é ciumento e sugeriu que compartilhassem as senhas, mas você não concorda com essa prática, seja sincera! Qualquer tentativa de fugir do assunto ou de dar uma desculpa esfarrapada vai parecer "estranho" e até mesmo suspeito para a parte que pede a senha.

Segundo a consultora de imagem pessoal e corporativa da Estilo Sob Medida, Marcele Goes, membro da AICI (Associação Internacional de Consultoria de Imagem), acredita que é importante que a privacidade seja respeitada. "É saudável ter alguns assuntos somente com amigos; sem estimular a traição, claro", afirma.

* Casais casados - Mas se a decisão for mesmo por um perfil conjunto, é importante que os amigos saibam disso. "Na hora de comentar ou postar, é recomendado assinar, para o amigo envolvido saber a quem responder e evitar constrangimentos", sugere.

Quando apenas um participa da rede social e outro não, uma alternativa é compartilhar a senha para que se possa entrar de vez em quando. Tudo isso, é claro, desde que os dois assim o desejem. "Se a pessoa não tem perfil, mas a outra não quer compartilhar a senha, é um direito que lhe assiste. O outro não pode forçá-la", afirma.

Para evitar problemas, a principal dica é ser sempre transparente e respeitar o parceiro. "Não faça ao outro o que você não gostaria que ele lhe fizesse. Isso vale para comentários sobre intimidades do casal na rede, comentários que possam ser mal-interpretados, fotos postadas e possíveis flertes. Leia e releia antes de postar, certifique-se de que não há possibilidade de ser compreendido de maneira errada, e pense sempre antes de fazer qualquer coisa em redes sociais, pois elas funcionam como documentos escritos para a posteridade e ainda disseminam a informação de maneira extremamente ágil", aconselha.


FIQUE ESPERTA
"Muita gente estraga a vida com um doentio e exagerado altruísmo" [Oscar Wild - Escritor inglês]


Do jornal impresso Expresso-RJ | Referência: Bolsa de Mulher





Receba novas postagens por e-mail, cadastre-se!
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE