Welcome Guest!

,

Quanto vale o preço da vaidade?


Até onde você iria pela beleza?

Injeções de silicone adquirida no mercado negro, fez com que Apryl Michelle Brown perdesse suas mãos e pés, bem como suas nádegas.

"Paguei um preço terrível pela vaidade. Um preço que vou pagar o resto da minha vida. Mas eu não culpo a ninguém senão a mim mesma".



Kawai Matthews/ TAMU Artist Agency

"Quero compartilhar a minha história para alertar outras pessoas sobre a vaidade obsessiva".


_ Eu não sabia dos perigos. Pensei que era uma injeção inofensiva que me daria um corpo perfeito. Mas na realidade o silicone usado não era apropriado para seres humanos, disse ela.

"Meu corpo teve uma enorme reação alérgica ao produto que me deixou à beira da morte. Minha agonia foi tanta que, morrer seria um alívio pra mim naquele momento. A única solução para acabar com o meu sofrimento e salvar minha vida era amputar minhas nádegas, minhas mãos e pés".

Mais tarde os médicos descobriram que a substância utilizada foi silicone industrial.

Ela diz ter feito pesquisa sobre o assunto, mas a ingenuidade, confiança equivocada e insegurança a levaram a tomar esta decisão desastrosa.

"Eu confiei na pessoa, ela parecia ser tão profissional, e que não haveria nenhuma razão para pensar que algo pudesse dar errado".

"Minhas nádegas começaram a endurecer. Eu sabia que algo não estava certo. Mas a vergonha me impediu de procurar ajuda médica. Com o tempo ficou pior, como a pele escurecida. Desenvolvi caroços. Então começou a dor. Tive que dizer a meu médico o que eu fiz. Fiquei tão envergonhada".

Ela passou quatro anos em constante dor. Dois cirurgiões disseram que era muito perigoso remover o silicone. Sofria dia e noite, daí viu que precisava fazer qualquer coisa para acabar com essa agonia — incluindo remover minhas nádegas.

Médicos a colocaram em coma induzido por dois meses, durante a realização de 27 cirurgias — começando com a amputação de suas nádegas — e fazendo enxertos de pele.

"Minhas mãos pareciam os de uma pessoa morta. Então eu sabia que estava prestes a perdê-las."

Chorei um mar de lágrimas. Tive que enfrentar o fato que eu tinha perdido minhas mãos, pés e nádegas para sempre.


Traduzido do www.thesun.co.uk


NOTA: Todos querem ser bonitos. Desejam uma boa aparência e querem sentir-se bem com o próprio corpo. É prazeroso receber elogios, de fato; faz bem para a alma e envaidece o ego do ser humano. Mas colocar em questão algo que ultrapassa a simples vaidade de uma pessoa, pode ser perigoso. O culto à beleza, a busca insana pela perfeição, os riscos e o preço que as pessoas pagam para ficarem bonitas; muitos resultados podem ser desastrosos!


Assim foi o caso da socialite riquíssima Jocelyn Wildenstein que sempre se mostrou extremamente obcecada por mudanças corporais e em conseguir um rosto perfeito. Passou muito longe disso, pois seu rosto foi completamente deformado e ela acabou se tornando um verdadeiro monstro. Uma criatura fracassada em suas ambições da vaidade.

Texto de Igor Mariano | Vozes de Opinião





Receba novas postagens por e-mail
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE