Welcome Guest!

,

Cuidado com as varizes!


Perigo à Mostra: Elas são temidas, assim como as celulites e as estrias, mas os prejuízos para o corpo podem ser maiores caso não sejam tratadas.

As varizes são o terror de quem passa horas em pé ou sentado. Além da questão estética, elas são prejudiciais à saúde, pois é o indício de que pode haver problemas nas veias, uma vez que dentro delas existem pequenas válvulas que deixam o sangue circular apenas em direção ao coração. “Quando estas válvulas não funcionam, o sangue não circula normalmente e se acumula nas pernas, causando sensação de peso e dilatação das veias”, afirma o médico especialista em Cirurgia Vascular e Endovascular pela SBACV (Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular), Marcelo Bellini Dalio, de São Paulo, SP, que relata ainda que esse é um problema bastante comum na população.



Como aparecem?

De acordo com dados da SBACV, há uma prevalência média de 38% na população geral brasileira, sendo que os homens correspondem a 30% e as mulheres a 45% desse montante. Além disso, quanto mais idoso, maior é a possibilidade de sofrer desse mal. Para se ter ideia, 70% das pessoas acima dos 70 anos podem ter problemas de varizes. A principal causa é a herança familiar, já as mulheres, têm esse percentual maior devido à ação dos hormônios, ao uso de anticonceptivos orais, à existência de menor massa muscular e á gravidez, segundo Christiano Vinicius Bernardi, especialista em cirurgia vascular, também da capital paulista.

Tabaco, bebidas alcoólicas, peso excessivo e a prolongada permanência na posição em pé ou sentada também são fatores que podem provocar ou agravar a doença que, por causa da força antigravitacional, faz com que o sangue se acumule nas partes mais baixas do corpo, que são as pernas.


Sintomas

No início da enfermidade, as queixas mais frequentes são a sensação de cansaço, peso e dor nas pernas, além de coceira e inchaço nos pés e nos tornozelos. De acordo com Bernardi, esses incômodos aumentam após a pessoa ficar longos períodos em pé, mas melhoram durante a noite, no período de descanso. “As varizes se agravam com o tempo e com a idade, a menos que se tomem medidas de prevenção ou um tratamento adequado. Se não tratadas podem dar origem a variadas doenças, como úlceras, tromboflebite e trombose venosa profunda”, afirma.

Dalio acrescenta que nos casos mais leves, elas aparecem como vasinhos finos nas pernas, que têm o nome de telangiectasias. Já nos casos mais avançados, aparecem veias dilatadas, tortuosas e alongadas.


Prevenção

A melhor forma de prevenir é praticar atividade física regularmente. De acordo com Dalio, os melhores exercícios são aqueles em que se faz movimentos repetitivos com as pernas sem fazer muita força, como caminhada, corrida, bicicleta e natação. Tênis, futebol e outros esportes coletivos são excelentes, desde que praticados com regularidade. “Estas atividades melhoram a circulação, fazendo com que o sangue chegue mais fácil ao coração. Levantar pesos na academia não é proibido, mas devem ser escolhidos exercícios de repetição e com pouca carga”, explica o profissional. “Movimentar as pernas e realizar pequenas caminhadas ajuda a estimular a circulação. Manter-se no peso certo, também é muito importante”.


Trate de forma correta

Quanto ao tratamento, os especialistas explicam que ele varia. No caso da telangiectasias, normalmente se faz a aplicação de esclerosante. Ele é aplicado diretamente nos vasinhos por meio de microagulhas. Normalmente essa medida já resolve o problema, exceto se eles estiverem associados a veias varicosas mais calibrosas. Nesse caso se faz necessária a intervenção cirúrgica que, aliás, é o que traz melhores resultados estéticos. “As varizes operadas não voltam. No entanto, novas podem aparecer alguns anos depois”, revela Dalio, ao comentar que os cirurgiões brasileiros estão habilitados em técnicas que podem removê-las deixando cicatrizes mínimas ou até mesmo deixar marcas. Portanto, quanto mais cedo as varizes forem tratadas, menor a chance de deixarem a pele manchada.


Contatos:

Christiano Vinicius Bernardi - CRM 104284
Angiologista com residência médica em cirurgia vascular e geral pelo Hospital das Clínicas em São Paulo - SP

Marcelo Bellini Dalio - CRM 104721
Especialista em cirurgia vascular e endovascular pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, com registro de atividade RQE: 26563 São Paulo - SP

Por José Luiz Junior à Revista impressa Ideias Polishop - Ano 11, nº3 | www.polishop.com.br





Receba novas postagens por e-mail
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE