Welcome Guest!

,

Teste seu noivo antes de dizer SIM!


A Hora do Sim - Quer subir ao altar tendo certeza absoluta de estar fazendo a coisa certa? Então faça antes o test-drive do casamento.

Antes de começar, pense nisso!

Quer enxergar o bofe com uma lupa? Elabore uma lista de expectativas. Escreva no papel o jeito como você espera que seu futuro marido seja no dia a dia. Se você se incomodar com bagunça, por exemplo, escreva que espera que ele seja organizado. Mas se isso não fizer diferença, nem se dê ao trabalho de listar! Outro exemplo: você acha justo que homem e mulher dividam as tarefas domésticas? Escreva que espera que ele colabore com a arrumação da casa. Depois de ter seus objetivos claros, aí sim, comece o test-drive.


O namoro é sério? Então preste atenção aos costumes e manias do seu parceiro enquanto é tempo. Conhecer a real personalidade dele, observar com o que ele se irrita e o que o faz feliz, notar se é atencioso o suficiente... Essas são algumas informações MUITO importantes que você precisa analisar antes de trocar alianças com o candidato a maridão.

“Quando um relacionamento está no começo, homens e mulheres tendem a mostrar apenas suas qualidades ao parceiro”, diz a terapeuta de casais e escritora Olga Tessari, de São Paulo, acrescentando que, com o passar dos anos, os defeitos aparecem. “É nessa hora que seu test-drive precisa entrar em ação: fique com olhos e ouvidos bem abertos”, recomenda Olga.

Se o convívio não é constante - e vocês ficam juntos só nos fins de semana, por exemplo -, é difícil conhecer a fundo as características do gato. A boa notícia é que dá para saber com antecedência se ele é, de fato, sua cara-metade. Como? Basta fazer o test-drive do casamento e descobrir. São cinco ações fáceis, mas essenciais, que valem ser testadas antes que seja tarde demais...


AMOR, SURPREZA!

Plano de ação - Sempre que vai a casa dele, você liga antes e avisa certo? Faça diferente: apareça de surpresa! Vá ao local onde ele mora sem avisar. Chegue com um vinho ou uma caixa de chocolates e proponha uma noite incomum. Será uma boa desculpa para seu aparecimento repentino.

Observe - Chegar de supetão fará com que você veja se ele é organizado ou se vive em meio a uma imensa bagunça. Preste atenção na cozinha: ele deixa a louça acumulada? Observe o banheiro: as roupas sujas estão espalhadas? No quarto, veja se a cama está arrumada ou revirada. Outra boa dica é olhar a geladeira: tem mais bebida que comida? Verdura não entra ali? Não deixe de reparar como seu gato costuma se vestir quando está sozinho em casa - é uma forma de saber se ele é ou não vaidoso. Depois, curta a noitada e faça o seu balanço quando voltar para a sua casa.


EU, VOCÊ E... AS CRIANÇAS!

Plano de ação - Seu sobrinho vai fazer aniversário e é nessa ocasião que as crianças da família se reúnem para celebrar? Ótimo! Então, arraste o gato para a festa.

Observe - Quando chegarem à festinha deixe-o livre. Converse com suas primas, tias... Mas não desvie o foco: repare em cada passo dele. “Tente perceber se o rapaz é carinhoso com os pequenos ou os trata com impaciência. Observe se as crianças gostam de brincar com ele”, comenta Olga.


ESCOVAS DE DENTES UNIDAS

Plano de ação - Esta é a situação mais extrema do test-drive, a convivência! Morar longe ou não ter tempo suficiente para ficar junto impede que você conheça o gato como deveria. Então, que tal juntar as escovas de dentes? “Não há melhor forma de conhecer seu noivo do que morando com ele”, explica Olga. Se um dos dois morar sozinho, o outro pode se aconchegar. Ou vale comprar ou alugar um imóvel. Morar junto é inviável? Uma viagem - apenas os dois - por, ao menos, uma semana.

Observe - Percebe como vocês dois se relacionam nessa dinâmica de se verem todos os dias. “Coloque na balança: ele ronca? Chega estressado e desconta o mau humor em você? Deixa roupas espalhadas?”, sugere Olga. Note se as brigas se tornaram mais frequentes e se os carinhos perderam a força. Ou, ao contrário: agora, vocês têm tempo para rir juntos e dividir os bons momentos.


PRAZER, SOGRINHA!

Plano de ação - “Você vai se casar com ele. Mas a família virá junto no pacote”, brinca Olga. Por isso, é importante que você frequente as festas de família e até viaje com eles.

Observe - Além de conhecer a família, note como seu parceiro trata a mãe, a prima... “A maneira como ele lida com as mulheres da família será bem parecida com o jeito que ele irá tratá-la”, ressalta Olga Tessari.


AMIGOS E CHURRASCO

Plano de ação - Esteja disposta a conhecer os amigos. É importante, afinal, eles estarão presentes nos próximos encontros, reuniões e, inclusive, no seu casamento!

Observe - Como ele lida com os amigos? São carinhosos uns com os outros? Como ele se relaciona com as amigas mulheres? Deixe-o agir naturalmente. Observe de longe. Note se ele colabora para que o churrasco tenha um bom andamento: ele ajuda na churrascaria? Perceba se ele se preocupa com o seu bem-estar e como a apresenta para os amigos.


Texto de Giulia Gazetta

Consultoria: Olga Tessari, Psicóloga e Psicoterapeuta CRP06/19571

Rua Costa Aguiar, 1810 - Ipiranga - São Paulo - SP - Brasil
Tel (11) 2605-6790 / Cel: (11) 99772-9692

Fonte: Revista impressa Viva | www.vivamais.com.br





Receba novas postagens por e-mail
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE