Welcome Guest!

,

Síndrome Pré-Menstrual


Para o ginecologista e especialista em feminologia, Eliezer Berenstein, a famosa TPM representa apenas um dos mais 150 sintomas que as mudanças hormonais podem causar no organismo da mulher. Portanto, o que se convencionou chamar de Tensão Pré-Menstrual é reconhecida pelos médicos como Síndrome Pré-Menstrual (SPM). “Não é uma doença, mas a sintomatologia de um desequilíbrio hormonal na mulher”, explica o médico.



Mais de 150 sintomas?

• Síndrome é um conjunto de sintomas e sinais. Na SPM, esse é o número de diferentes tipos relatados por mulheres ao longo dos anos desde que a TPM foi observada, em 1931.

• A mulher é diagnosticada com Síndrome Pré-Menstrual quando apresenta cerca de cinco sintomas característicos das mudanças hormonais durante a vida reprodutiva.


Os mais comuns

• O primeiro e mais lembrado de todos é a própria tensão, que não é um sintoma específico e único. “Pode ser ansiedade, expectativa muito intensa, nervosismo, enfim, muitas coisas”, diz o ginecologista.

• Os demais podem ser: depressão, compulsão, fadiga, dor de cabeça, corrimento espesso, retenção de líquidos, choro fácil, sensação de abandono, oscilação de humor, tontura, etc.


Tratamento homeopático

• Segundo o especialista, tomar um remédio para cada incômodo não resolve o problema.

• “É preciso corrigir o distúrbio hormonal e o medicamento homeopático busca tratar a mulher e seus sintomas individuais, trata a mulher com SPM”, afirma.

• Vários estudos demonstram que a homeopatia pode equilibrar essa disfunção hormonal com eficácia de 80%.


Diagnóstico

• Caso tenha interesse por esse tipo de tratamento, o primeiro passo é marcar uma consulta com um médico especialista em ginecologia e homeopatia.

• Depois do atendimento, é feito um espelho da observação do comportamento, chamado hormonograma, e é traçado o perfil da mulher e da SPM.

• Assim, o plano de tratamento já pode ser colocado em ação.


Importância da consulta

• Mesmo que apresente poucos sintomas, não os menospreze.

• “Podem ser decorrentes de várias doenças. Por exemplo, você pode ter uma disfunção hormonal ou tireoide ou do ovário e ter esses mesmos sintomas”, alerta Eliezer.

• Por isso, é essencial que a mulher se preocupe e cuide da saúde, indo regularmente a um ginecologista.


Medidas para aliviar a SPM

1) Pratique exercícios físicos regularmente

2) Procure não usar roupas apertadas

3) Tenha uma dieta rica em proteínas e fibras, e pobre em açúcar refinado e sal

4) Mantenha uma atividade sexual adequada

5) Para aliviar o estresse, ioga e relaxamento são ótimas opções


Consultoria: Eliezer Berenstein, ginecologista e obstetra especializado em feminologia e homeopatia. Fone: (11) 3045-5205 Site www.tpm.com.br

Texto de Renacha Batista

Revista impressa Malu - Ano 11, nº 379 | www.revistamalu.com.br





Receba novas postagens por e-mail, cadastre-se!
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE