Welcome Guest!

,

Fetiches, desejos ocultos!



Quem nunca sentiu vontade de fazer sexo no avião, dentro de automóveis, elevadores, locais públicos dentre outros... ou até mesmo se fantasiar de bombeiro, enfermeira etc.

A palavra fetiche sugere feitiço, alguma coisa mágica, um objeto ou parte do corpo que as pessoas consideram de alta qualidade erótica. Acho que lá no fundo todos possui desejos que adorariam, um dia, poder realizar...

As mulheres principalmente, por medo de serem reprimidas, acabam guardando seus fetiches a sete chaves.

Em psicologia o fetichismo é uma parafilia, um padrão de comportamento sexual no qual, em geral, a fonte predominante de prazer não se encontra na cópula, mas em alguma outra atividade. São considerados também parafilias os padrões de comportamento em que o desvio se dá não no ato, mas no objeto do desejo sexual, ou seja, no tipo de parceiro, como, por exemplo, a efebofilia.


Fetiche e Parafilia são comportamentos muito parecidos, a diferença é que em determinadas situações, o comportamento sexual parafílico pode ser considerado perversão ou anormalidade, pessoas que tem prazer através de coisas ou situações inusitadas como atração por animais (zoofilia), crianças (pedofilia), cadáveres (necrofilia) dentre outras bizarrices.

O objeto do fetiche é a representação simbólica de penetração, tem conotação sexual, é um objeto parcial e não representa quem está por trás do objeto. Os fetiches mais comuns na sociedade ocidental são os pés (no Brasil, a adoração por pés recebe um nome especial: podolatria), os sapatos e a roupa íntima. Os objetos usados na prática do sadomasoquismo são os fetiches.

Há também interesse sexual para algumas partes do corpo do parceiro, para alguma função fisiológica, para cenários ou locais inusitados, para fantasias de simulação (empregada doméstica, mecânico, secretária) ou para peças de vestuário, adorno etc.

No fetichismo, o meio preferido ou único de atingir satisfação sexual é manipulando e/ou observando objetos, não animados, intimamente associados ao corpo humano (por exemplo, roupa interior) ou peças de vestuário feitas de borracha, cabedal ou seda, para mencionar apenas os mais comuns. A atividade sexual pode dirigir-se ao fetiche (masturbação enquanto beija, esfrega, cheira o objeto do fetiche) ou o fetiche pode ser incorporado na relação sexual, pedindo ao parceiro, por exemplo, que use sapatos de salto alto ou botas de cabedal. Há também a satisfação sexual buscada nas interpretações sexuais, onde a parceira comporta-se como secretária, adolescente, e o homem como um policial, um bombeiro, um mecânico de oficina, etc.


O que eles desejam...

Milena, 30 - "Ele adora quando me masturbo, meu gato vai a loucura, principalmente quando mantenho meus olhos fixados nele"
Reinaldo, 31 - "Tenho uma louca vontade de fazer amor com minha parceira numa cachoeira"
Fê, 22 - "Adoro homens de uniforme, meu preferido são os de militarismo"
Wellington, 37 - "Gostaria de ser masturbado em baixo de uma mesa de restaurante, perigos me excita!"
Ju, 19 - "Ele nunca tocou no assunto sobre sexo anal. Mas eu tenho vontade de experimentar, só que, tenho receio do que ele vai achar se eu mesma propor isso, além disso, o pênis dele é muito grosso, fico com medo"
Carmen 39 - "Tenho fantasia de ser enquadrada por um ginecologista, fico completamente excitada só de pensar"
Claudinha 24 - "Fazer um sexo selvagem em cima do capo de um carro numa via expressa"


Para apimentar seu relacionamento, que tal começar a explorar os desejos seus e do seu parceiro? Afinal, fetiches são temperos poderosos para tornar o sexo mais quente!


DICA DE LIVRO: Dicionário de Fetiches e BDSM - Esta obra é um guia para esclarecimento de iniciantes, apreciadores, simpatizantes e até mesmo veteranos do BDSM (Bondage, Domination, Sadism, Masochism). Um conjunto de comportamentos e necessidades sexuais entre parceiros adultos, normalmente conhecidos como sadomasoquismo ou SM. Entre seus adeptos estão pessoas de todas as opções - heterossexuais, bissexuais, trans ou intersessuadas. O fetiche é o recurso que leva à realização das aspirações sadomasoquistas. Nem todo fetiche é SM, mas é difícil as dissociar um SM do fetichismo. E existem vários tipos de fetiche. Um universo de deleite sexual que varia de pessoa para pessoa. Eles estão agora reunidos e explicados neste livro. Para quem aprecia ou para quem simplesmente tem curiosidade de saber como as outras pessoas gostam de ter prazer.





Receba novas postagens por e-mail
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE