Welcome Guest!

,

Esqueça os padrões de beleza e seja feliz


O conceito de beleza, em constante mutação, deixa quem quiser segui-lo em uma perseguição extremamente angustiante - e isso, com toda certeza, nunca esteve na moda!


Assim como a moda, os padrões de beleza estão em constante mutação. Seja para se adequar às roupas da estação, seja para adequar ao padrão que a mídia propõe. Basta abrirmos uma revista que percebemos um novo corte, uma chapinha diferente.

Nos últimos 50 anos, desde a popularização dos concursos de beleza, o que se viu foi uma alteração constante de padrões. Das curvilíneas às magérrimas. Se lembrarmos de Marilyn Monroe, ícone dos anos 50 com seu padrão gostosona, não se parecia em nada o padrão atual das sequinhas de passarelas.

O único período em que não existiu um padrão dominante foi na Idade Média. Mas essa fase, em que as mulheres viveram de bem com seus espelhos, não durou muito. Durante o renascimento, voltou a imperar o ideal greco-romano de beleza, que elegeu o equilíbrio das formas como um objetivo a ser alcançado. Nada de mais, e nada de menos, apenas o necessário. E assim foi dada a largada para os regimes, cirurgias plásticas e distúrbios alimentares.

Infelizmente vejo hoje, pequenos movimentos em relação a real beleza. A mais célebre dessas campanhas, da marca Dove, explora a diversidade feminina e busca o belo em variadas formas de expressão. A ideia da campanha da Dove, intitulada "Real Beleza", surgiu a partir dos resultados de uma pesquisa realizada pela StrategyOne com 3.200 mulheres.

Os resultados revelaram que a maioria das mulheres está insatisfeita com sua aparência. Surpreendentemente, as brasileiras ficaram em segundo lugar no índice de insatisfação física (37%), perdendo apenas para as japonesas (59%).

A vontade que muitas mulheres têm por se adequar aos padrões atuais é responsável por histórias dramáticas e até casos fatais. Anorexia, bulimia, depressão, suicídio.


Se correr atrás de medidas ínfimas é uma tarefa difícil e arriscada, o melhor a fazer é procurar a beleza particular que existe em cada uma de nós. Podemos citar 2 exemplos marcantes. Enquanto várias pessoas que tem alguma pinta sonham em extirpá-la, Sabrina Sato utiliza da sua como uma marca. Seu registro. Enquanto pessoas com manchas de pele se desesperam, a apresentadora Angélica soube aceitar usufrui, sem o menos constrangimento, afinal, porque constrangimento?

"O medo de não nos sentirmos aceitos pode ser tão assustador que nos obriga tomar decisões que nos distância de nossa essência."


Em anos de atendimentos, pude receber em meu consultório pessoas altas, baixas, magras, gordinhas, enfim, várias características. Uma coisa posso assegurar a vocês leitores, a pessoa aceitar suas próprias características, é o primeiro movimento para estar bem consigo mesma, em paz e mais próxima da real felicidade. Por incrível que posso parecer, nestes anos também atendi mulheres com o padrão de beleza exigido, porém, em um vazio interior profundo.

Certamente algum de nós já vimos um casal em que há uma beleza "pseudo padrão" entre os parceiros, extremamente discrepantes. Uma mulher alta, magra, lindíssima e o marido um pouco mais baixo, carequinha. Daí surgem aqueles comentários maldosos: - Só pode ser dinheiro!!!


Aos que pensam dessa forma, com propriedade de ter milhares de atendimentos psicológicos no currículo, afirmo: aquele homem pode estar tão em paz consigo mesmo, está tão em dia com sua autoestima que emana uma alegria e uma segurança contagiante aos que rodeiam sua vida. E isso, certamente é mais apaixonante do que um padrão de beleza "vazio".

Minha sugestão é: procure agradar a você e não aos outros. Procure a sua felicidade, independente do que a sociedade está imprimindo no momento atual. Os tempos mudam, os padrões mudam, mas a Felicidade,......... essa tal felicidade, poderá lhe acompanhar.

Basta aceitar, ou melhor, se aceitar. Pegue suas melhores características e faça delas a sua carta de apresentação. Fique em dia e faça as pazes com você.


Por Alessandro Vianna - Psicólogo Clínico | Yahoo Brasil





Receba novas postagens por e-mail
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE