Welcome Guest!

,

Hábitos que aceleram o envelhecimento da pele


O envelhecimento genético, cronológico da pele, aqueles que chamamos intrínseco inicia-se a partir dos 30 anos de idade.

O envelhecimento extrínseco, aquele causado por fatores externos, ambientais, inicia-se logo ao nascimento. A partir do momento em que estamos expostos ao sol, cigarro, poluição, ar condicionado, bebida alcoólica, má alimentação, etc.

Nos dias atuais é difícil encontrar alguém que não tenha, entre suas preocupações, a manutenção da boa aparência da pele.

Essa preocupação não se limita à beleza mas, também, avança nas questões de saúde.

Ter uma pele bem cuidada é, hoje, essencial, e fatores como linhas de expressão, flacidez, rugas e falta de luminosidade passam a incomodar as pessoas com o passar do tempo.


À partir dos 40 anos de idade, a pele começa a perder sua hidratação natural e a diminuição dos constituintes da derme é observada. O resultado desse processo de envelhecimento cronológico é a perda de substâncias essenciais e densidade da pele. A pele torna-se mais fina e menos tonificada, a bochecha perde volume e a pele começa a ficar enfraquecida, aparecendo as linhas de expressão indesejáveis.

Veja, a seguir, dez maus hábitos que favorecem o envelhecimento precoce.


Acesse: Beleza Feminina


1) Cigarro: O cigarro diminui a oxigenação da pele. Quanto maior o consumo de cigarro, maior o desgaste. O resultado pode ser uma pele grossa, amarelada, sem viço e opaca por causa da nicotina. O cigarro também pode provocar flacidez, rugas ao redor dos lábios (por causa do ato de sugar) e ao redor dos olhos (pelo ato de fechar os olhos parcialmente para proteção contra a fumaça).

2) Sol: O sol é um dos piores inimigos da pele e responsável por manchas e pelo envelhecimento precoce. Um dos piores hábitos para o prejuízo da pele é não usar protetor solar, o que pode causar o fotoenvelhecimento e as manchas, as sardas, a flacidez, a pele áspera e as rugas. O protetor nunca deve ser menor que 30 para rosto, colo, pescoço e mãos (regiões da pele mais sensível) e deve ser de pelo meno 15 para o restante do corpo.

3) Dormir mal: É durante o sono que nosso corpo produz hormônios “rejuvenescedores”, como a melatonina. Este hormônio funciona como um “calmante reparador” natural. A falta de sono provoca estresse e não permite que o organismo descanse. Como resultado você terá uma pele sem viço e pode desenvolver olheiras.

4) Estresse: O estresse emocional libera corticoide e adrenalina, por exemplo, alterando os hormônios.Isso pode se refletir na pele, tornando-a mais oleosa e acneica. Além disso, o estresse também diminui as defesas naturais e predispõe a pele à doenças e infecções como herpes, alergias, erupção cutânea e psoríase.

5) Poluição: A absorção pela pele de gases nocivos encontrados no ar poluído acabam por formar uma película de toxinas. Isso aumenta as reações de oxidação e formação de radicais livres que agridem a pele. As células da pele são envelhecidas pelo processo natural de oxidação que acontece no organismo, e o excesso de poluição acelera esse processo. É preciso proteger a pele com protetor solar, hidratante e higienização para eliminar as impurezas do dia-a-dia.

6) Sedentarismo: Esse é um hábito terrível não só para a sua pele, mas também para o corpo. A prática de atividades físicas melhora a circulação sanguínea da pele e, com isso, previne o envelhecimento. A prática regular de exercícios ajuda o o metabolismo do organismo e combate o estresse, melhorando o seu dia-a-dia. Além disso, combate a flacidez, a celulite e a gordura localizada.

7) Não beber água: A falta de ingestão de água é inimiga da pele e traz, como conseqüência, flacidez e a falta de viço. Caso você tenha dificuldade em tomar água, não deixe de considerar o consumo de outras fontes de líquido como frutas, leite, sucos café.

8) Não usar hidratante: Hábitos de cuidados com a pele como a limpeza de pele e a hidratação devem ser incorporados a essa rotina. Há hidratantes especiais para cada tipo de pele. Identifique a qual grupo pertence a sua e hidrate-a com o produto apropriado. A falta de hidratação adequada traz como consequência o ressecamento e, depois disso, a formação de rugas precoces.

9) Consumir açúcares e gordura: Quando consumimos muito açúcar, provocamos ligações cruzadas de colágeno com açúcar. O açúcar prejudica o colágeno, que é uma proteína que dá elasticidade e viscosidade à pele. Essa desestruturação do colágeno provoca a perda de elasticidade da pele. Daí para o aparecimento das rugas é um pulinho. Quando ingerimos os alimentos com alto índice glicêmico ou gordurosos, fazemos com que o organismo estoque gordura. A gordura estocada estimula a produção de radicais livres, que são substâncias inflamatórias. Traduzindo: vai gerar gordura localizada e celulite no seu corpo.

10) Alimentar-se inadequadamente: O correto é procurar ter uma alimentação equilibrada, ricas em antioxidantes, com vegetais, frutas, legumes, cereais e hortaliças. Alimentos antioxidantes neutralizam a ação dos radicais livres, os maiores ofensores da pele. Mantenha uma dieta equilibrada, controle o excesso de sal e massas na dieta e mantenha em alta o consumo de fibras.


Fonte: Eu me sinto bem





Receba novas postagens por e-mail, cadastre-se!
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE