Welcome Guest!

,

Proteção (demais) atrapalha...


Às vezes, fazemos tudo pelo outro e, mais tarde, vemos que ele apenas precisava caminhar sozinho...

Meu pai costumava repetir o seguinte ditado: a derrota do protegido é o protetor. Na adolescência, entendi o que ele queria dizer com isso. Franco, ele falava que era o protetor, com seu excesso de zelo, que não deixava o protegido aprender com os tropeços da vida.


Quanta verdade há nessas palavras! Ao protegermos demais alguém, impedimos que essa pessoa se desenvolva. Afinal, cair, se ferir e levantar faz parte do aprendizado de todos. Acontece com o bebê e o adulto. Não podemos assumir a dor do outro nem andar por ele. A pessoa superprotegida não faz suas escolhas sozinha e não arca com as consequências!

Como não se desenvolve no plano físico, também não evoluirá no espiritual. Resultado: vai se afastar de sua missão e Deus. As consequências disso refletem também no corpo. Segundo Valcapelli e Gasparetto, autores do livro Metafísica da Saúde, (Vol 1, Vol 2, Vol 3 e Vol 4) “a superproteção e a expectativa vivenciadas na infância são agravantes para a manifestação da depressão no adulto”, escreveram.

“Quando se sente desamparada, a criança tende a sofrer de insônia, dor de cabeça, mal-estar e perda de apetite. Precisando de coragem, ela pode passar por preguiçosa”, dizem os autores. Uma pesquisa americana mostra: a depressão em maiores de 60 anos pode levar ao diabetes. Vê como, no intuito de ajudar, você pode atrapalhar o desenvolvimento de alguém? A virtude de preparar uma pessoa para o mundo está em ensinar que cair e levantar é apenas parte da vida.


Por Mel Aitak, mestre em reiki, terapeuta holística e estudiosa dos temas ligados à espiritualidade.

Fonte: Revista Ana Maria, Nº 870





Receba novas postagens por e-mail
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE