Welcome Guest!

,

As três fases da vida de um 'BBW Lover'


Caros leitores, Gordas é meu tema favorito, para escrever. Sim, escrevo para mulheres Lindas, Inteligentes, Divas, com muitos quilos a mais. Não desejo cair no lugar comum do preconceito, das atitudes muitas vezes desagradáveis, dos homens, e da trairagem das mulheres.

Vamos conversar um pouco sobre este universo de Grandes e Maravilhosas Mulheres e seus Admiradores. Sim, seus admiradores, estes pobres homens, ou vocês acham que o mundo é cruel só com vocês? Separei a vida do cara em três fases:

Por Eduardo Lordello | Guest post



DA DESCOBERTA

O cidadão nasce aprendendo a jogar bola, falar palavrão (que nem sabe o significado),que não pode chorar, que tem de gritar mais alto que os outros, e demais coisas herdadas das cavernas. Até o dia em que, ele olha para baixo e descobre um pelo no saco, o Sr Jacinto Pinto manifesta-se pela primeira vez, aí se pergunta – o que é isso? Claro, você corre e pergunta ao seu melhor amigo, que vai dar uma risada na tua cara e dizer, de boca cheia – Meu pai já me ensinou: “é tesão de mijo, vá ao banheiro, faça xixi e volte a dormir, panaca”! Você fica conformado, e não mais acredita ser um ET...


O QUE FAZER

O tempo vai passando, seu amigo Jacinto, cada vez manifestando-se mais e mais, o cara entendendo cada vez menos. Chega-se aquela encruzilhada maldita, dos padrões sociais, físicos e outras babaquices da adolescência. Meu, o moleque é praticamente obrigado a sair com a primeira “Dama de Companhia”, devidamente apresentada por um colega que gentilmente avisa – “Ela gosta de tirar a virgindade dos moleques, pode ir que ela é carinhosa”. Você relaxa, mas, descobre que o Morumbi é pequeno, para a experiência dela. Aquela coisa demorada, uns três minutos, pois, a fila tem que andar.

Passado o susto, vem o segundo problema: todos seus “amigos” querem saber como foi. Inventa-se qualquer porcaria e tudo bem. O que mais dói é a porcaria do Bullying, assim como nas meninas, é aquela coisa da bunda grande, dos peitos empinados, da perereca pequenina, os homens tem que ser “mega machos.” Escuta-se cada uma, que até os capetas rolam de rir. Caras que tem o Jacinto de 30 cm para lá, que ejaculam sete vezes, sendo quatro sem tirar... E outras tonteiras mais.

Pior quando você inicia a fase do romance, que quer ir ao cinema, ao shopping, correr no parque, andar na praia, de mãos dadas, com sua deusa. Claro que estou falando sobre a menina gorda da turma, afinal, você não descobre que curte celulite, isto já nasce contigo, seus olhos só vão na direção das coxas mais grossas (que ela insiste em esconder em uma calça larga para seu desespero), e, quando você finalmente declara-se, diz-se apaixonado, que sonha com ela 25 horas por dia, ela ri e te pergunta: “Já viu como sou gorda?” Claro que sim, afinal estou amando-a, cada centímetro de teu corpo redondo, da tua celulite que me deixa louco, enfim... E o Jacinto, mais louco ainda. Os amigos descobrem, e aí começa a zoeira – “Tanta menina e vc gosta da gorda?” Há-se de ter personalidade.


DANE-SE O MUNDO

Finalmente vem a idade adulta, se cria tua personalidade, teu caráter e estás em paz com o Jacinto, afinal, os dois já sabem o que querem e o que gostam. Uma particularidade – ele tem vontade própria, se não há um acordo, nem tente, o cara dorme e boa. Nem reza brava, banho de sal grosso, filme pornô, não tem jeito!!! Se, seus olhos não mostrar-lhe o que deseja ver, melhor inventar uma desculpa honrada, tipo: “Isto nunca aconteceu comigo!” O homem que fala isto é mentiroso, todos eles já broxaram, alguma simples, e outras, homéricas.

Mulheres, se vocês tem insegurança por seus corpos, acreditem quando um homem diz que as deseja que está louco de desejo e morrendo de tesão, que quer vê-la nua, só por que és gorda. Que fica louco imaginando seus seios (que se dane uma possível flacidez), que adora suas coxas grossas (o que é celulite, mesmo?), sonha em beijar tua barriga, lamber suas nádegas, ter você abraçada a nós, por cima (não sonha o visual, a loucura que é ver a mulher aproximando-se, encaixando-se gozando). Nós também sentimos uma insegurança danada, pois, foram educadas a não acreditar nisto.

Resumindo, se és gorda, com qualquer tipo de corpo, e, um homem aproxima-se e declara-se, podem acreditar que é verdadeira sua intenção. Primeira, de sexo, depois, de conversar, afinal, estamos falando sobre atração física. Não percam uma boa transa, por insegurança. Pense que, nós sabemos o quanto uma mulher voluptuosa é capaz de ser incansável e voraz, multi orgástica e insaciável, assim, se nos candidatamos, temos a certeza que iremos satisfazê-la. Será bom aos dois. E vocês já sabem, tem a sensibilidade necessária para discernir um cafajeste de uma boa conversa, e, quem sabe uma transa, ou namoro, ou casamento.





Receba novas postagens por e-mail, cadastre-se!
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE