Welcome Guest!

,

Circulo Menstrual e a Atividade Física


Quem vence essa batalha? Dependendo do período menstrual, é muito comum as mulheres deixarem de praticar esportes devido ao desconforto ou cansaço. Saiba o que pode ser feito para não perder o ritmo.



Foto / Reprodução


Cólicas, desconforto, mau humor, cansaço e a famosa Tensão Pré-Menstrual (TPM). Os incômodos físicos e emocionais que atingem certas fases do ciclo menstrual podem interferir no rendimento da atividades físicas de algumas mulheres.

De acordo com Giuliana Moreira, educadora física e professora da Planet Sport em São Paulo, isso acontece porque ao longo do mês, correm alterações nos níveis hormonais do organismo feminino que afetam a performance das mulheres.

"Muitos estudos foram feitos no intuito de entender se o desempenho da mulher é modificado com fases do ciclo menstrual. Em praticantes regulares de exercícios, essas características são pouco perceptíveis, mas algumas diferenças podem ocorrer dependendo do grau dos sintomas que cada mulher tem em cada fase", afirma o Dr. Pablius Staduto, coordenador do Centro de Medicina Esportiva do Hospital 9 de Julho de São Paulo.

Por outro lado, o desempenho físico pode ser melhor, principalmente, após a menstruação, pois é neste período que ocorre o aumento de hormônios para a chegada da ovulação. O rendimento pode diminuir na fase pré-mestrual, por conta dos sintomas importantes de cólicas, dores no corpo e irritabilidade. Por isso, fique atenta e aproveite da melhor forma os exercícios físicos, conforme casa fase do ciclo menstrual destacada a seguir:


APROVEITAMENTO

1ª etapa — Menstruação: segundo o Dr. Pablius, com a presença do sangramento menstrual e as prováveis cólicas, é possível que o desempenho físico não esteja em seu melhor momento, portanto, o trabalho físico deve considerar uma diminuição em sua carga e performance. Para esta fase, a dica de Giuliana é apostar em treinos de leve a média intensidade, dependendo da disposição da mulher.

2ª etapa — Pós-menstruação: com a elevação progressiva de estrógeno, existe um potencial maior para os ganhos com exercícios, o que justifica um trabalho físico maior, com melhores resultados, pois é quando se percebe uma melhora da resistência aeróbica e também da força.

3ª etapa — Ovulação: nesta fase, espera-se uma discreta queda do desempenho, mas que pode passar despercebida, pois não demanda tanta energia assim. Existe um aumento de progesterona e a diminuição do estrógeno.

4ª etapa — Pós-ovulação: espera-se, mais uma vez, uma melhora do desempenho e um bom período para o ganho de condicionamento físico, pois o gasto energético com o ciclo menstrual não comprometerá o desempenho na atividade física.

5ª etapa — Pré-mestrual (TPM): nesta fase, principalmente, o desempenho físico pode ser prejudicado devido à grande baixa do hormônio progesterona que leva à fadiga, a dores nos seios e no corpo, irritabilidade e certo mal-estar. De acordo com cada mulher, esses sintomas podem ser mais intensos ou não, mas é prudente não exigir demais do corpo nesta fase.


ALIMENTAÇÃO

No momento em que a TPM chega, vem também uma vontade imensa de comer certos alimentos, mas saiba que é importante manter uma alimentação balanceada nesta fase.

Por isso, veja as dicas de Marcela Mendes, nutricionista que indica cinco alimentos que podem ajudar a amenizar os sintomas nesse período:

Chocolate 70% cacau — Além de ser muito gostoso, o chocolate ajuda a melhorar os sintomas da TPM porque o seu consumo estimula as áreas do cérebro associadas ao prazer: "Ele ajuda a melhorar sintomas, como o cansaço, a falta de ânimo e tristeza. Ao consumir o chocolate, ocorre a liberação de serotonina, hormônio responsável pela sensação de bem-estar", explica. A recomendação diária para obter esses benefícios é de 30 gramas.

Linhaça — Pequena, mas poderosa, a semente de linhaça tem várias características interessantes. A primeira delas é por ser uma das maiores fontes de ômega 3, cheia de nutrientes, como fibras e outras substâncias que ajudam a diminuir o risco de doenças. Além disso, a semente conta em sua composição com grandes quantidades de lignanas, um fitoestrógeno com ação similar ao estrógeno, que auxilia diretamente no combate dos sintomas da TPM. A indicação é consumi-la durante as refeições ou em cápsulas.

Óleo de prímula e borragem — Talvez você ainda não conheça, mas o óleo de prímula e borragem é uma combinação que auxilia na produção de substâncias com efeito anti-inflamatório e formação de compostos que regulam os hormônios femininos. ele também contribui para a diminuição da mastalgia (dor nas mamas). O óleo pode ser encontrado em cápsulas.

Soja e derivados — Por conter isoflavonas (compostos orgânicos naturais) e estrutura química similar ao estrógeno (hormônio sexual feminino), a soja ajuda na prevenção e controle dos sintomas da TPM. Ela pode consumida de diversas formas: grãos, proteína texturizada, tofu, bebida de soja, farofas e cápsulas.

Chá de gengibre — Tem propriedade anti-inflamatória e auxilia na diminuição dos sintomas da cólica. A indicação é consumir o gengibre cortado, em sopas, ensopados e sucos, ou mesmo em chás.


Suco Para Todas As Horas


INGREDIENTES

2 laranjas

1 fatia de mamão

2 morangos

2 fatias de gengibre

água


MODO DE FAZER

Descasque as laranjas e o gengibre. Limpe bem o morango e o mamão. Acrescente tudo em um liquidificador e bata com um pouco de água.

Tempo de preparo: 15 minutos

Benefícios: Esse mix de frutas é rico em vitamina A e C, antioxidantes e, somados ao gengibre, que é termogênico — ou seja, que ajuda a acelerar o metabolismo —, acaba facilitando na queima de gordurinhas.

DICA: Na falta de morangos, você pode substituí-los por outra fruta vermelha (como amora, mirtilo ou jabuticaba). Basta batê-los no liquidificador com um pouco de água, até soltar a casca e a semente, depois coar e congelar.


Por Bruna Yuri Ouchi | Ponto de Encontro — a revista da Drogarias Pacheco Nº 24

Consultoria: Giuliana Moreira educadora física e professora da Planet Sport www.planetsport.com.br | Dr. Pablius Staduto, coordenador do Centro de Medicina Esportiva do Hospital 9 de Julho de São Paulo. www.h9j.com.br | Receita Guta Pudell, culinarista





Receba novas postagens por e-mail, cadastre-se!
ATENÇÃO! "Algumas informações e sugestões contidas nesta página são compartilhadas de outros meios de comunicação, bem como blogs, sites, jornais e revistas impressas. As dicas têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas."


COMPARTILHAR ESTE POST

Share








ÚLTIMAS POSTAGENS








PUBLICIDADE

Featured

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE